Giros e rodopios

Todos os corpos dançam

Tudo se move em um balé preciso e inespecífico

cada movimento, cada pensamento, cada emoção

cada de cada é o sonho de uma grande bailarina

cada pedaço é uma bailarina

a respiração é um dança cósmica

cada gozo uma dança organica

cada pensamento é um rodopio

e os sorrisos…  um luminoso e grandioso final

 

O balanço do ônibus, a corrida pra chegar no horário ao trabalho…

as mordidas vorazes no cachorrão, atravessar a faixa de pedestres…

 

Quando olharmos de longe, os carros passando debaixo do viaduto

ou os corpos lutando pra entrar no metrô

olhamos de fora uma dança magnifica da qual fazemos parte

a dança cotidiana.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s