Vivências e descobertas: o meu caminho como reikiano

Eu já havia sido iniciado em cristais etéreos a distancia por um conhecido dos Estados Unidos, foi (e ainda é) uma delicia trabalhar com eles, era só pensar no nome do cristal desejado e em alguns segundos sentia a energia dele em minhas mãos. O mais incrível ainda era quando eu visualizava a pedra, a cor, a imagem dela, era quase milagrosa a energia que eu sentia em minhas mãos, usava os cristais pra tudo, colocava sua energia sobre os chakras, em minha casa, curava ressacas e dor de estomago de alguns amigos. Era lindo.

Porém, com o tempo fui deixando eles de lado. Havia entrado no curso de terapia floral e minha atenção se voltou totalmente para os florais, que alias são dádivas maravilhosas. Foi no curso que conheci o Reiki, uma técnica de cura simples e muito eficaz. Todavia, assim como os cristais etéreos era necessário ser iniciado (achava eu na época), mas a iniciação era, pra mim, muito cara. Meus pais jamais me dariam mais de 200 reais para eu fazer um curso que tinha menos de 12 horas de duração. Ou seja, teria que pagar com meu próprio dinheiro, coisa que não tinha na época, 200 reais significavam ficar dois meses sem ir ao cinema, jantar fora de casa ou comprar qualquer livro. Fiquei um bom tempo desejando muito fazer a iniciação em Reiki, e para suprir parte dessa vontade lia tudo que conseguia sobre o assunto, técnicas, história, símbolos…

Nesse meio tempo tive uma vivencia muito interessante: estava sentado num pastel com uns amigos meus quando houve um acidente em frente ao local onde estávamos, tinha muita gente socorrendo o acidentado fisicamente, só restava a mim o amparo energético-espiritual, enviei todos os cristais etéreos que achei necessário, mas faltava algo, faltava a energia de um floral que ajudaria muito naquela situação. Mas eu não tinha nenhum frasco comigo, tão pouco havia sido iniciado em florais etéreos. Então simplesmente pedi, do fundo da minha alma que eu tivesse a essência de clematis (que evita a perda de conciencia) em minhas mão, assim como tinha os cristais etéreos. Foi fantástico, logo que pedi senti um súbito aumento de temperatura em meu corpo e logo minhas mãos estavam repletas de uma energia que eu não conhecia antes. Fiquei repleto de uma imensa gratidão e enviei a energia ao local do acidente.

Essa experiência balançou minhas convicções sobre a necessidade de iniciações, já que tive acesso a energia dos florais etéreos sem ser iniciado. Aliado a isso o pessoal do curso de floral também estava no começo de outro estudo, o do “Um curso em milagres”. E eles me ensinaram, ou fizeram me recordar que tudo vem da divina providencia, todas as energias vêm do universo, de Deus, da fonte de luz-amor que no curso é chamada de Espírito Santo. Isso me fez pensar que toda essa necessidade de iniciações são necessidades humanas, são frutos do medo humano e da necessidade de burocratizar tudo, até mesmo a energia de amor vinda de Deus, a energia de amor divina que se transforma em força de cura dentro dos nossos corações, e que atualmente é mais conhecida como Reiki.

Então fiz do Espírito Santo meu guia, e simplesmente pedi, pedi pra poder trabalhar com o Reiki. Foi realmente fantástica a mudança que isso me causou, tanto de me entregar nos braços da divina providencia quanto o trabalho com essa força de cura. Depois de umas duas semanas lendo incessantemente fui levado até lugares que falavam sobre o ritual de auto-sintonização em Reiki, não vi aquilo como estritamente necessário, mas eu queria de certa forma um ritual, um marco. O fiz, meditei diariamente com os símbolos durante 21 dias, pedindo ampliação dos meus canais energéticos. Foi perfeito.

A energia que fluía através de minhas mãos cresceu ao longo das meditações e do ritual, eu me sentia um verdadeiro reikiano, e, apesar de não ter nenhum certificado de nenhum mestre humano, eu sei que sou um reikiano, pois tenho certeza que quem me iniciou, quem me permitiu trabalhar com essa energia, foi a força mais suprema e mais pura.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s